3.12.08

Busca


Pelos caminhos onde ando
Sempre sigo os meus passos
Mas quase nunca sei pra onde vou

Pela estrada mais deserta
O deserto já se fez
E as placas já não dizem o que queriam dizer

Perto do horizonte
Mais distante que o alcance
Tudo me parece tão real e igual

Creative Commons License
"Busca" tem seus direitos reservados pela Creative Commons.

3 comentários:

Anônimo disse...

Muito legal a idéia Robledo!!! achei criativo e descontraído!!! Abração, Waltinho!!!!

CÁSSIA disse...

O POETA É AQUELE QUE ESCREVE A SUA ALMA, A SUA FORMA DE VIVER E VER A VIDA.

SÃO NOS ESCRITOS QUE ENXERGAMOS O EU, A ESSÊNCIA DE CADA PESSOA.

LINDO ! QUERO LER MAIS.

ABRAÇOS

CÁSSIA

Flávio Pires disse...

conheço esta letra nem sei qto tempo faz... voltei a escrever alguams coisas cara... precisamos trocar umas ideias... gostei mto do blog!

abraço